Relacionamento abusivo

A PESSOA SENTE CULPA E ACREDITA QUE O ABUSO FAZ PARTE DO RELACIONAMENTO

As mulheres são ainda as que mais sofrem com esse tipo de relacionamento

Os sinais podem ser mais discretos no inicio, são confundidos com cobranças, exigências por amor e se tornam mais constantes com o tempo, a pessoa está com alguém e começa a perceber que não tem o seu espaço, a sua liberdade e que precisa ceder sempre. Embora esse problema também afete homens, as mulheres são ainda as que mais sofrem com relacionamentos abusivos.

Em um relacionamento abusivo, a pessoa se sente culpada, como se as atitudes do parceiro fossem por culpa dela, deixa de fazer o que gosta, o que acredita, o que faz bem pra ela em repressão ao que o outro está exigindo, uma série de proibições em nome do amor, que vai anulando a pessoa de ser quem ela é de verdade. Os casos mais comuns, relatados nos consultórios são aqueles com uma grande agressão não verbalizada. Uma diminuição da autoestima e do brilho da pessoa, que passa a acreditar que ela não é boa o suficiente para ter outro parceiro (a). A pessoa sente culpa e acredita que o abuso faz parte do relacionamento, onde ela precisa atender as exigências do seu parceiro, e deixar de lado as suas vontades e até mesmo a sua identidade.

Um relacionamento abusivo tem a possibilidade de ser contornado e iniciar uma nova história dentro desse mesmo relacionamento. Colocar limite e respeitar são condições fundamentais para que a mudança possa ocorrer, com amadurecimento de maneira saudável a partir desse momento. Quando um relacionamento passa do ponto para uma agressão física ou verbal, não sendo possível uma reconexão dessa história, é importante uma conversa gentil entre o casal e colocar um ponto final, pois já não há mais respeito.

E voltar a ter um relacionamento após passar por um que foi abusivo, pode ser um desafio, mas que não é impossível. Essa volta acontece após o momento de se redescobrir novamente, estando mais inteira e colocando limites para o que chega à sua vida, conhecendo o que quer e o que não quer mais viver. Mulheres que sofreram em um relacionamento abusivo, precisam de um tratamento que se baseie principalmente na construção do amor próprio e autoestima, é preciso se reconectar com quem ela é para poder fazer novas escolhas e ter um novo relacionamento saudável.

E para finalizar ter a consciência de sempre e confiar que há uma saída para a história que vive. Se não sabe como, o essencial é não deixar de buscar ajuda de um especialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *